Verão sem risco de falta de água em Paranavaí

A estação mais quente do ano é marcada pelo aumento do consumo de água, por isso, alguns cuidados são fundamentais para evitar o desperdício.

É verão. A estação mais quente do ano é marcada pelo aumento do consumo de água, por isso, alguns cuidados são fundamentais para evitar o desperdício. Em entrevista ao Diário do Noroeste, o gerente regional da Sanepar de Paranavaí, Arnaldo Giovani Rech, deu orientações para os moradores.
O erro mais comum é varrer a calçada utilizando água. O ideal é tirar toda a sujeira e só depois jogar água. Assim, o gasto diminui. Na hora de lavar roupas, o correto é deixar acumular o máximo possível de peças, reduzindo a quantidade de lavagens. Reduzir o tempo do banho é outra necessidade.
Rech garantiu que Paranavaí não corre o risco de desabastecimento durante este verão, a não ser que ocorram acidentes naturais. Ele exemplificou o problema enfrentado no final de 2015 e no começo deste ano, quando as chuvas fortes comprometeram a captação. “Dentro da normalidade, não haverá problemas”.
O gerente regional da Sanepar afirmou que dois novos poços estão sendo finalizados no Jardim São Jorge. O objetivo é aumentar a distribuição de água naquela região da cidade, onde o número de moradores cresceu com os três conjuntos habitacionais inaugurados recentemente.
RESERVATÓRIOS – Rech explicou que em uma casa com quatro pessoas, o reservatório de água precisa ter capacidade para 500 litros. O cálculo médio de consumo diário é de 100 a 125 litros por morador. A quantidade se eleva se o imóvel tiver piscina, por exemplo.
Nas residências em que essa recomendação é seguida, dificilmente as pessoas percebem a falta de água quando há interrupções temporárias para manutenção da rede. Mas estima-se que 40% dos imóveis de Paranavaí não têm reservatório com capacidade suficiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *