Candidatos falam de propostas para o Sindoscom

Será realizado nesta sexta-feira (3) o processo de votação que definirá a nova presidência do Sindicato dos Empregados no Comércio de Paranavaí (Sindoscom). Ontem, a equipe do Diário do Noroeste conversou com os dois candidatos para saber quais são as principais propostas de cada um.
De acordo com a atual presidente da entidade, Elizabete Madrona, 148 associados estão aptos para votar. São aqueles que atendem alguns requisitos previstos no estatuto sindical, entre os quais, estar filiado ao Sindoscom há mais de 12 meses e não ter pendências com a tesouraria.
Serão três urnas. Uma ficará na sede do sindicato e outras duas serão levadas às empresas de Paranavaí e região em que haja funcionários votantes. O período para participar se estenderá das 9 às 17 horas. Quem se eleger ficará à frente do Sindoscom por quatro anos.
CHAPA 1 – A candidata Leila Vanda Aguiar é atual vice-presidente da entidade. Foi enfática ao dizer que não tem vínculos com a atual presidente e que pretende realizar um trabalho diferenciado. “Quero renovação”, disse.
Leila defendeu a organização do calendário comercial de maneira democrática, ouvindo os comerciários para saber o que pode ser mudado, no sentido de tornar a jornada de trabalho menos desgastante e ao mesmo tempo rentável. Também haverá diálogo com os patrões. “Ganha a população paranavaiense”.
A candidata disse que está apta para assumir a presidência porque trabalhou durante sete anos como vendedora, portanto conhece os anseios dos empregados no comércio. “Não podemos por olho de patrão dentro do sindicato”, argumentou.
Ela disse se preocupar com a situação das mulheres que não têm onde deixar os filhos enquanto trabalham. Por isso, vai estudar maneiras de construir em Paranavaí uma creche específica para essas crianças.
Leila garantiu, também, que fará uma gestão transparente, com informações disponíveis e acessíveis para todos os comerciários. “Vão saber como estão as contas”.
CHAPA 2 – Liderado por Marcelo Aparecido Fim, o outro grupo que concorre à presidência do Sindoscom tem uma lista de propostas que inclui convênio com profissionais liberais e assistência familiar com preços acessíveis. Também serão feitos convênios para que os associados tenham descontos em lojas de Paranavaí.
O candidato destacou a importância de manter contato com os comerciários para ouvir sugestões e críticas. “Saber o que querem, quais opiniões têm. O presidente é o representante dos funcionários”.
Fim também falou sobre a importância de investir na saúde e na profissionalização dos trabalhadores, através de parcerias. A sede de lazer é outro item da lista de propostas do candidato.
Com tudo isso, o candidato pretende ampliar o número de associados à entidade, aumentando, assim, a participação nas decisões que dizem respeito à categoria, entre as quais, o calendário comercial e o salário dos trabalhadores.
Suplente na atual diretoria, Fim disse que promoverá mudanças em relação à atual gestão, dando transparência às contas do Sindoscom e garantindo “renovação de verdade”.

Uma das urnas ficará na sede da entidade. Outras duas serão levadas às empresas Foto: Robson Fracaroli

Fonte: Diário do Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *