Aproximadamente 50 quilos de peixes e 500 metros de redes de pesca foram apreendidos por fiscais do Escritório Regional do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) de Paranavaí. A ação de fiscalização aconteceu na segunda-feira (20), na barragem do município de Diamante do Norte, Noroeste do Estado.

Os fiscais foram até o local após o recebimento de uma denúncia mas, como os responsáveis não foram encontrados, nenhum auto de infração foi lavrado. Os peixes foram doados para entidades cadastradas no instituto.

PIRACEMA – De 1º de novembro de 2016 a 28 de fevereiro deste ano, a pesca de espécies nativas está proibida em todo o Paraná. Nesta época do ano, a maioria dos peixes se reproduz e a pesca é suspensa para assegurar a continuidade das espécies.

PENALIDADE – A pessoa que for flagrada pescando em desacordo com as restrições determinadas pela portaria será enquadrada na lei de crimes ambientais. A multa é de cerca de R$ 700 por pescador e mais de R$ 20 por quilo de pescado. Além disso, os materiais de pesca, como varas, redes e embarcações, podem ser apreendidos pelos fiscais.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui