Atlético de Paranavaí: elenco não treina por atraso no pagamento

Os jogadores do Atlético de Paranavaí não treinaram ontem à tarde por conta de atraso no pagamento de salário. O pagamento estaria três meses em atraso, disse o grupo reunido no campo do Estádio Waldemiro Wagner.

O elenco (cerca de 24 jogadores) não tinha um porta-voz para falar da greve. “Hoje aqui todos são o capitão do time”, disse um deles. Mas alguns relataram o atraso no pagamento em três meses, acrescentando que só voltam a treinar quando tiverem uma posição da diretoria.

A situação já estava tensa na semana passada, antes do confronto contra o Maringá FC. Havia informação sobre o pagamento na sexta-feira, o que não ocorreu, por isso a decisão dos atletas de não treinarem ontem, já que na segunda-feira passada também não houve um posicionamento da direção.

Os atletas também ameaçam não ir entrar a campo no próximo domingo, quando o Atlético de Paranavaí recebe o Andraus, abrindo o 2º turno da 2ª fase da divisão de acesso. O time de Paranavaí depende apenas de seus resultados para obter vaga na divisão de elite, restando três jogos para terminar o campeonato paranaense.

“Estamos passando dificuldades, somente quem está vivendo o dia a dia aqui pode avaliar nossa situação. Estamos honrando a camisa do clube e o nome de Paranavaí”, disse um dos atletas.

O técnico Rafael Andrade preferiu não falar sobre a decisão dos jogadores.

O investidor André Astorga lamentou a decisão dos jogadores e prometeu fazer o pagamento de dois meses na próxima sexta-feira. O mês salarial no clube vence no dia 16. Ele reconhece apenas “quase dois meses em atraso”, e não três como informaram os atletas.

André Astorga diz já ter parte do dinheiro e vai atrás de patrocinadores para fechar o total de recursos. O dirigente já teria entrado em contato com um dos atletas, ontem no início da noite, prometendo efetivar o pagamento até sexta-feira.

Fonte: DN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *