Bens de ex-diretor da Criminalística do Paraná são bloqueados pela Justiça

A Justiça do Paraná confirmou nesta terça-feira (13) o bloqueio de bens de Daniel Felipetto, ex-diretor do Instituto de Criminalística do Paraná. O valor do bloqueio é de mais de R$ 1,1 milhão e inclui a multa que ele terá que pagar se for condenado.

Daniel Felipetto, de Apucarana, é acusado de engavetar perícias e atrasar inquéritos. Foram identificados 42 casos em que as investigações não foram concluídas no tempo correto.

A Promotoria Pública destaca ainda que ele teria usado uma sala pública da criminalística para elaboração de laudos periciais de natureza privada e teria recebido por serviços particulares.

As denúncias resultaram em ação de suposto enriquecimento ilícito proposta na semana passada. O Ministério Público (MP) pediu a demissão do perito e devolução do dinheiro recebido indevidamente.

Afastado da função em abril

Daniel Felipetto foi chefe da Criminalística de Londrina e, desde 2013, ocupava uma diretoria em Curitiba. Em abril, ele foi afastado da função pela Secretaria de Segurança. Na ocasião da propositura da ação, Daniel Felipetto disse que não iria se pronunciar sobre o assunto.

Fonte: TNOnline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *