Entidades anunciam greve para esta sexta

Entidades sindicais e sociais de Paranavaí marcaram um ato público na frente da Prefeitura, nesta sexta-feira (dia 30), às 9h, marcando a greve geral, convocada nacionalmente pelas representações dos trabalhadores.

A mobilização é contra as reformas trabalhista e previdenciária, danosas aos trabalhadores, como argumentam os sindicalistas. Ambas as reformas estão tramitando no Congresso Nacional.
Paralelamente à ideia de fazer o ato público, duas categorias prometem paralisar as atividades. Os sindicatos dos professores e bancários já anunciaram a interrupção das atividades.

Na última greve geral, dia 28 de abril, também houve concentração na Prefeitura e passeata pelas ruas centrais da cidade. Panfletagem e discursos finalizaram a manifestação. A pauta é a mesma: direitos trabalhistas e previdenciários.

PARALISAÇÃO – O Sindicato dos Bancários publicou o comunicado da paralisação na edição do DN ontem, cumprindo formalidade legal. Lembra que a decisão foi tomada em assembleia da categoria no dia 21 deste mês.

O diretor de Imprensa do Sindicato dos Bancários, João Carlos Antunes, informa que os dirigentes estão visitando as agências e conversando com os profissionais, mostrando a importância da paralisação. O movimento também informa à população sobre a intenção de não fazer expediente neste dia.

Além de Paranavaí, há mobilização em cidades importantes da região. Na prática, significa que pode haver paralisação em outros centros, cita Antunes. Ele reconhece a dificuldade da preparação, já que há poucos dirigentes em relação ao número de agências a serem visitadas.

PROFESSORES – Secretária de finanças da APP Sindicato, Elvira Jaroskevicz também confirma a mobilização dos profissionais da educação. Ela orienta professores, funcionários e alunos a não irem aos estabelecimentos de ensino do Estado nesta sexta-feira. Mesmo trabalho é feito junto aos servidores nas cidades onde o sindicato representa também os professores municipais. Não é o caso de Paranavaí, cujos servidores possuem sindicato próprio.

Além de interromper as atividades nesta sexta, a APP convida para o ato público, inclusive pais de alunos. A entidade sindical distribui panfletos explicando as razões do movimento. Nos próximos dias haverá também carro de som pela cidade, propondo a greve geral.

AULA NORMAL – O Núcleo Regional de Educação de Paranavaí informou ontem à tarde que as aulas serão normais nesta sexta-feira. Portanto, recomenda que os pais encaminhem os filhos para as escolas e que os professores compareçam normalmente. Será anotada falta para quem não comparecer, adverte.

Fonte: DN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *