Spider posta texto após saída do UFC China, não nega doping e diz que voltará a lutar

 A retirada preventiva do UFC China, no qual faria a luta principal contra o americano Kelvin Gastelum, por uma suspeita de doping em um exame realizado fora do período de treinos não foi bem digerida por Anderson Silva. O peso-médio brasileiro divulgou, na madrugada desta quarta-feira, um comunicado em suas redes sociais abordando o assunto. Mesmo sem explicar o ocorrido, revelar que substâncias teriam sido encontradas no exame ou negar as acusações, Anderson se disse triste pelo tempo e dedicação investidos na preparação para a luta, tanto dele quanto de seus treinadores e companheiros de equipe, e garantiu que voltará a lutar, porque o faz por amor, e não por dinheiro.

Anderson Silva foi substituído por Michael Bisping, que lutará cerca de 20 dias após ser finalizado por Georges St-Pierre no UFC 217, quando perdeu seu cinturão dos pesos-médios.

Confira a íntegra do comunicado:

Mensagem de Anderson Silva sobre o possível flagrante por doping (Foto: Reprodução / Twitter)Mensagem de Anderson Silva sobre o possível flagrante por doping (Foto: Reprodução / Twitter)
Fonte: Globo Esportes
Pedro L

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *