Regularização fundiária beneficiará duzentas famílias do Novo Horizonte

Um projeto de regularização fundiária irá contemplar cerca de duzentas famílias residentes em imóveis sem documento de propriedade no Jardim Novo Horizonte, em Apucarana. Elas residem há cerca de trinta anos em uma área de propriedade da Cohapar, que agora será doada ao município, atendendo solicitação da administração municipal, que em contrapartida fará a titulação dos imóveis no prazo de dois anos.

A ação tomada pela empresa acontece após solicitação do prefeito de Apucarana, Beto Preto, que se comprometeu com a execução do serviço. “A medida está alinhada ao processo de fortalecimento dos projetos de regularização fundiária do Governo do Estado iniciado em 2011 e que está sendo ampliado na gestão da governadora Cida Borghetti”, revela o presidente da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus.

TRANSFERÊNCIA – A doação e posterior regularização da área está sendo encaminhada para corrigir processo iniciado na década de 1.980, quando a gestão municipal construiu casas populares para famílias da cidade em um terreno da Cohapar, sem a participação do governo estadual.

Conforme assinala o prefeito Beto Preto, a regularização da documentação, com a transferência de titularidade dos lotes às famílias, é esperada há mais de três décadas. “Felizmente, estamos conseguindo resolver esta questão agora, com a ajuda da Cohapar e do Governo do Estado”, destaca Berto Preto.

De acordo com Justus, a Cohapar já deu início aos trâmites necessários visando á transferência de propriedade. “Em atendimento aos pedidos da administração municipal, encaminhamos à Casa Civil uma minuta de projeto de lei, que prevê a doação da área ao município, que terá dois anos para conclusão da regularização fundiária”, explica Justus.

 

Fonte: Prefeitura de Apucarana

Pedro L

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *