No seu instagram pessoal, o prefeito de Maringá Ulisses Maia destacou a cidade por subir no ranking de “Melhores cidades para fazer negócios”, ele ainda disse que é motivo de comemoração Maringá ter subido 6 posições desde a última pesquisa:

“Motivo de comemoração: Maringá subiu no ranking de Melhores Cidades Para se Fazer Negócios no Brasil. Desde a última pesquisa, saltamos seis colocações, saindo da 15ª posição para a 9ª. Entre os critérios de avaliação, estão o desenvolvimento econômico e social, capital humano e infraestrutura. No ritmo que estamos, nossa cidade ficará ainda melhor. “

Maringá é um município brasileiro do estado do Paraná, sendo uma cidade média-grande planejada e de urbanização recente. É a terceira maior do estado e a sétima da região sul do Brasil em relação a sua população, destacando-se pela qualidade de vida oferecida a seus moradores e por ser um importante entroncamento rodoviário regional. É considerada uma das cidades mais arborizadas e limpas do país.

Em 2018, sua população foi estimada, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 417.010 habitantes e sua Região Metropolitana conta com 754.570 habitantes (dados IBGE/2015).

Planejada pela empresa Companhia de Melhoramentos Norte do Paraná, em 10 de maio de 1947, Maringá foi uma vila e depois, distrito do município de Mandaguari, sendo elevada à categoria de município pela Lei nº 790, de 14 de fevereiro de 1951, desmembrando-se daquele município.

Com traçado urbanístico inicialmente planejado e modernista, pelo urbanista Jorge Macedo Vieira, seguindo o princípio de Ebenezer Howard de cidade-jardim, sofreu crescimento acelerado nas décadas seguintes. Ainda assim, o município mantém índices de qualidade de vida elevados, preservando no perímetro urbano grandes áreas de mata nativa como o Horto Florestal, o Parque dos Pioneiros (bosque II) e o Parque do Ingá, sendo este último aberto ao público. Inclui ainda fragmentos menores como o Parque do Cinquentenário, ou áreas particulares e uma grande rede de áreas de conservação de fundos de vale.

Direto da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui