Nessa semana, as chuvas e a aproximação de uma massa de ar frio devem derrubar as temperaturas do Sul, parte do Sudeste, sul do Mato Grosso do Sul e sul de Goiás com uma passagem rápida da frente fria e sem grandes riscos para as lavouras, o que é bom. O Inmet está monitorando essa massa de ar frio no final do mês, que pode ser tão extensa quanto aquela que provocou geadas generalizadas em todo país. A diferença é que ela passará mais rápida, portanto o risco para as plantações acaba sendo um pouco menor.

O primeiro semestre de 2019 apresentou um resultado positivo para o Mato Grosso do Sul. Segundo dados apresentados pela Federação da Agricultura e Pecuária do estado, o volume de carne bovina exportado no começo desse ano cresceu 60%.

Esse aumento das exportações de carne bovina se devem, principalmente, ao cenário promissor do país de forma geral, que tem exportado mais carne bovina em todo o território. Todos os mercados compradores estão procurando mais a carne brasileira. O mercado externo tem registrado um resultado muito bom e ascendente. Segundo informações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, nós temos uma receita gerada com as nossas exportações de carne bovina passam de US$ 300 milhões. Foram mais de 87 milhões de toneladas destinadas à outros países.

Fonte: Agência do Rádio Brasileiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui