Nível de endividamento dos consumidores adimplentes aumenta de 76% para 80%. São pessoas que não possuem o nome sujo e que relataram que ficaram muito; mais ou menos; ou pouco endividadas no primeiro semestre de 2019, na comparação com o mesmo período de 2018.

Os dados são de pesquisa eletrônica da Boa Vista feita com cerca de mil consumidores em todo o País. A sondagem constatou aumento de 45 por cento para 47 por cento no percentual de pessoas que alegaram estão um pouco endividadas.

Já entre os que responderam não ter dívidas no momento, o índice caiu de 24 por cento para 20 por cento, na comparação entre os dois semestres. Na pesquisa, metade dos entrevistados admitiu que têm dificuldade para pagar as contas para que fiquem em dia, o mesmo percentual do período anterior.

Os dados do levantamento foram publicados no Valor Econômico.

Fonte: Agência Rádio 2


Ouça a notícia