A Expointer deste ano, que está ocorrendo no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio, no Rio Grande do Sul, desde o dia 24 de agosto, vai reunir mais de 400 atrações para os visitantes até 1° de setembro.

O evento conta com exposições de mais de 150 raças de animais, nove locais de leilões, shows diários de música, dança, apresentações folclóricas, comidas típicas e diversas premiações.

Além disso, também tem a Feira da Agricultura Familiar, onde há a divulgação e comercialização de produtos da culinária colonial gaúcha, como pães, bolos e cucas, salames, queijos, conservas, licores, embutidos e outros produtos. No total, são 316 espaços de comercialização. O pavilhão, que tem mais de sete mil metros quadrados, tem vários estandes com empreendimentos do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Amapá.

Tales Antônio Martins Firmino, de 23 anos, não é de nenhum desses estados, mas também veio para a Expointer. O morador de Nova Granada, São Paulo, conta que veio pela primeira vez na feira para trazer um gado para se apresentar.

“Trouxemos o gado para a exposição para estar ranqueando aqui junto com os do Tabopuã. (Este) é o primeiro ano que viemos aqui para Esteio. Rodamos o Brasil inteiro aí e gostamos muito da pecuária.”

A feira também tem um local coberto, chamado Boulevard, que é um lugar destinado para o lazer, confraternizações e manifestações artísticas. Durante a noite, o happy hour é certo, e os bares e restaurantes estão sempre cheios.

E quem já visitou a Expointer deste ano, garante que está gostando bastante do evento!

(POVO-FALA) “Cada vez melhor, cada ano melhor, nossa família ama estes maquinários. Bastante gente, tem bastante novidades aqui neste ano. Está bem legal, eu vi um cavalo gigante, eu nunca tinha visto um cavalo tão grande na minha vida. Muito bom, a gente está aqui aprendendo coisas novas, esse ano a gente viu que tem novidades, tecnologias mais avançadas. Uma feira muito boa, tem bastante variedade de produtos, tem de tudo, né? Muito bom!”

Agora, o que chama a atenção é o tamanho e a quantidade de animais! Nesta 42ª edição apareceu um touro, da raça Limousin, que desbancou todos os outros, das edições anteriores. Na pesagem, deu 1.280 quilos! A raça que tinha levado o prêmio o ano passado foi a charolês, com 1.265 quilos, 15 a menos do que o outro.

O evento, também reuniu autoridades, como o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. A celebração da 23ª edição do prêmio O Futuro da Terra 2019, por exemplo, destacou o trabalho de cientistas, pesquisadores, agricultores e empresas que contribuem para o desenvolvimento do agronegócio e para preservação do ambiente por meio de práticas inovadoras e sustentáveis. Aliás, neste ano, foi incluída a categoria Startup do Agro, como forma de apoiar o desenvolvimento da tecnologia e inovação no campo.

Se você quiser saber mais sobre a Expointer, ver fotos, vídeos e outras notícias, acesse: www.expointer.rs.gov.br.

Fonte: Agência do Rádio


Ouça a notícia