A avenida Carlos Borges é um exemplo de revitalização de espaço público para convivência da comunidade. Agora também de cuidado da prefeitura de Maringá com o Meio Ambiente. Enquanto há remoções de árvores condenadas na cidade, há o plantio de aproximadamente 500 mudas na avenida recém reformada.

A Secretaria de Serviços Públicos (Semusp) começou no sábado, 5, o plantio de mudas nas calçadas laterais da avenida. Trabalho segue durante a semana. Ao todo serão aproximadamente 200 mudas pela prefeitura. Somadas às já plantadas no canteiro central da via pela concessionária que fez a reforma, chegam em torno de 500 mudas que logo farão sombra.

O trabalho é apoiado por quem frequenta a região. A aposentada Catarina Manfrim caminhava pela calçada em atividade física. “Eu aprovo o plantio e gosto muito das árvores”, comentou a mulher que estava com chapéu e protetor solar na pele justamente porque agora não há sombra na avenida. Temperatura chegou a quase 40°C em Maringá.

São três equipes que dividem o difícil trabalho feito sob o sol. Parte marca onde será feito o buraco na calçada, outra equipe quebra a calçada e faz o buraco e outra parte planta as mudas.

A espécie plantada na ocasião é a cabreúva com muda em torno de 2 metros de altura. Pode chegar a 30 metros de altura e oferece ampla sombra. O plantio é num espaço de 1m20 por 1m20, a 60 centímetros do meio fio. É feito um buraco de 40 centímetros de profundidade, colocado hidrogel para proteger a muda em período de seca como agora, instalada uma estaca onde o tronco da muda é amarrado para dar sustentação no crescimento.

Fonte: Prefeitura de Maringá