Paraná e Itália querem ampliar laços econômicos e culturais

O vice-governador Darci Piana recebeu nesta terça-feira (12) o embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, para discutir a possibilidade de ampliação das parcerias econômicas e culturais entre o Paraná e o país europeu. Bernardini está em Curitiba para a reunião de coordenação do Sistema Itália no Brasil, que acontece nesta terça e quarta-feira (13) e reúne parlamentares e membros da embaixada, consulados, conselhos e comitês italianos do País.

Piana apresentou ao embaixador os projetos de concessão do Estado, que estarão abertos para a participação de investidores estrangeiros. Entre eles, está a nova configuração do Anel de Integração, com 4,1 mil quilômetros de rodovias – 2,6 mil quilômetros já pedagiados e outros 1,5 mil quilômetros de novos trechos; os leilões de quatro aeroportos do Estado (Afonso Pena, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu) e da nova Ferroeste, que vai ampliar a malha ferroviária do Paraná, fazendo a ligação do Porto de Paranaguá a Dourados (MS).

“O Paraná elaborou uma lei moderna de licitações que dá segurança jurídica para quem quer investir nos projetos do Estado. O Governo vê o setor privado como parceiro estratégico para executar as obras estruturantes que são necessárias para o desenvolvimento do Estado”, disse o vice-governador.

Ele também destacou a suspensão da vacinação para a febre aftosa no Paraná, autorizada recentemente pelo Ministério da Agricultura. “O Paraná é o maior produtor de proteína animal do Brasil e essa decisão vai permitir exportar ainda mais produtos na nossa pecuária, liberando a comercialização para 65% dos países que ainda não compram carne do Estado”, salientou.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná