Economia Solidária prestigia inauguração em Guarapuava

A secretária da Mulher e Assuntos da Família Denise Canesin e a superintendente Bete Berton, acompanhadas de integrantes da Rede de Mulheres Solidárias, estiveram na inauguração da loja “Produtos da Terra”, primeiro espaço de comercialização dos produtos da economia solidária em Guarapuava – maior cidade do Centro sul do Estado -, nesta quarta-feira (18/12). A visita integra a cooperação entre os programas de ambos os municípios, iniciada pela primeira capacitação de empreendedores econômico-solidários dada por Bete Berton.

A inauguração teve a presença do prefeito de Guarapuava, César Silvestre Filho, e do vice-prefeito, Itacir José Vezzaro, entre outras autoridades locais. Os dois agradeceram o apoio e a inspiração dada pelo programa de Apucarana e anunciaram a criação de outros três espaços de comercialização de produtos da economia solidária.

Na ocasião, a secretária Denise Canesin lembrou os desafios que o projeto enfrentou, desde sua criação, há quase seis anos, até os dias de hoje, em que é referência estadual. “Nossas conquistas devem-se muito ao apoio da gestão dos prefeitos Beto Preto e Júnior da Femac, que nunca mediram esforços para fortalecer o programa. Hoje temos 14 espaços de comercialização e já capacitamos cerca de mil mulheres, mas começamos com a meta de 120 capacitadas”, ressaltou.

A loja “Produtos da Terra” é um espaço colaborativo e compartilhado na Rodoviária de Guarapuava, no qual estão expostos produtos da agroindústria familiar e do artesanato local, e resultado da parceria entre as secretarias municipais de Políticas Públicas para Mulheres e de Agricultura.

A secretária Priscila Schram de Lima disse que a iniciativa propiciará a cooperação entre os empreendedores locais. “Esse espaço é uma iniciativa do poder público para que nossa agroindústria e nossos artesãos tenham um lugar fixo de comercialização de seus produtos, para que empreendedoras e empreendedores conquistem protagonismo. Nosso incentivo é um sopro nas asas dos empreendimentos”, declarou. O secretário de Agricultura Ademir Fabiane disse que o momento era de euforia por mais essa vitória. “Graças a vocês pudemos aplicar aqui o modelo da economia solidária, que é algo muito além de vender os produtos e está no fortalecimento do ser humano”, destacou.

A superintendente Bete Berton declarou sentir muita satisfação e orgulho em ver como o programa de Guarapuava conseguiu, em curto período de tempo, congregar tantas pessoas e realizar com perfeição os primeiros passos da economia solidária. “Com isso, podemos fomentar ainda mais a integração entre nossos programas, a troca de saberes, e fortalecer o movimento de economia solidária como um todo.”

Fonte: Prefeitura de Apucarana