Festa dos 76 anos de Apucarana terá show de tributo a “Zé Rico”

A festa comemorativa aos 76 anos de Apucarana terá uma atração musical especial e diferenciada. É uma homenagem a uma das duplas de maior sucesso de todos os tempos na música sertaneja do Brasil: Milionário e Zé Rico. O tributo é feito pela nova dupla Marcos Paulo e Marcelo.

O show da dupla Marcos Paulo & Marcelo está previsto para o dia 26 de janeiro, domingo, no palco principal da festa, na Praça Rui Barbosa. A programação terá ainda como destaque a tradicional Prova Pedestre 28 de Janeiro, no dia 25 (sábado), quando também irão se apresentar no palco a cantora Pérola Crepaldi (finalista do The Voice Kids), e a dupla Vitor & Vanutti (finalista do The Voice). Já na segunda-feira, dia 27, véspera do feriado de aniversário de Apucarana, acontece o show principal com a dupla Bruno & Marrone.

“Filhos de Milionário & José Rico” é assim que a dupla sertaneja Marcos Paulo & Marcelo gosta de ser chamada nos shows que faz pelo Brasil. Um ano após a morte de Zé Rico, em março de 2015, eles gravaram em São Paulo um DVD em homenagem ao cantor Zé Rico.

Marcos Paulo, que é filho do cantor Milionário – segunda voz da lendária dupla – , afirma que o gosto pela música surgiu de forma natural, ao acompanhar o pai na estrada. “Sempre foi da vontade do meu pai ter alguém da família que seguisse essa trajetória na música. E isso foi acontecendo de forma natural, pois sempre estive nos shows e trabalhava como assessor do meu pai”, conta Marcos Paulo.

Já Marcelo destaca que foi pego de surpresa ao “ser nomeado” por José Rico – ainda em vida – para dar continuidade ao seu trabalho. E ele admite que sente essa responsabilidade.

“Em todos os shows, eles nos chamavam no palco para nos apresentar. Ele disse que o único que poderia dar sequência ao trabalho dele seria eu. Portanto, representar um dos maiores cantores de todos os tempos que o Brasil já viu é muita responsabilidade”, comenta Marcelo.

O cantor, que tinha José Rico como um pai, afirma que ficou a um passo de desistir da música. “Pensei em desistir. Além da perda, quis parar por medo do público não nos aceitar. mesmo tendo acompanhado Milionário & Zé Rico em seus shows.

TRIBUTO – Um ano após a morte de José Rico, a dupla lançou o DVD “Do jeito que o Zé pediu: Continuidade!” em homenagem ao sertanejo. São 11 regravações de clássicos da dupla e 11 música inéditas.

Marcelo e Marcos Paulo são considerados "filhos de Milionário & Zé Rico" e dão continuidade ao trabalho da famosa dupla
Marcelo e Marcos Paulo são considerados “filhos de Milionário & Zé Rico” e dão continuidade ao trabalho da famosa dupla

Marcelo não esconde o carinho pelo novo trabalho e conta que escolheu o repertório que faria parte com muito carinho e afirma que a música “Ancestrais” é que mais lembra José Rico. “Escolhi essa música porque é a que mais me emociona. O Zé escreveu quando perdeu o pai e, como sempre o considerei como um pai para mim, quis colocá-la como a primeira faixa do DVD”, revela.

Marcos Paulo diz também que o DVD pretende resgatar a música sertaneja de raiz, que era um dos objetivos do cantor durante a carreira. “Esse DVD é um sonho para nós, além de ser um presente para o Zé. É a continuidade de tudo aquilo que ele construiu e uma forma de trazer à tona a lembrança dele, para que o público recorde conosco o que é a verdadeira música sertaneja”, comenta.

Segundo ele, até hoje, a dupla é conhecida como os filhos de Milionário e Zé Rico. “Queremos dar continuidade a isso, mas também criar nossa própria identidade como a dupla ‘Marcos Paulo e Marcelo”, anuncia Marcos Paulo.

“História de Zé Rico está ligada a Apucarana”, diz Junior da Femac

O prefeito Junior da Femac diz que a história do cantor Zé Rico tem um valor muito especial para Apucarana e sua gente. “Foi aqui que ele iniciou sua carreira musical, quando era morador do distrito de Caixa de São Pedro. E, mais tarde, já no auge do sucesso, Zé Rico retornou a Apucarana, comprando uma chácara nos fundos da Indústria Kowalski, no Jardim Franca.

Junior lembra que o local era bastante utilizado pelo cantor para a realização de confraternizações com amigos e familiares, quando estava na cidade. “Além de amante da música sertaneja, Zé Rico também era apaixonado por futebol. Tanto que ele decidiu comprar um campo com alambrado, vestiários, arquibancadas e, como não poderia faltar, um boteco e uma churrasqueira”, recorda.

Zé Rico comprou toda a área no entorno do campo, que passou a ser conhecido como “Estádio do Zé Rico”. Em março de 2015, quando Zé Rico faleceu, o então prefeito Beto Preto, decretou luto oficial por três dias. A praça esportiva foi assumida pelo município para preservar o local e até instalou um novo portal de entrada para o estádio com uma placa em homenagem ao Zé Rico.

Importante lembrar que por lei municipal o campo de futebol passou a levar o nome do radialista e desportista Hairton Santos, que atuou por décadas na Secretaria Municipal de Esportes e na Rádio Cultura.

Também no distrito de Caixa de São Pedro, a figura do “garganta de ouro”, apelido que Zé Rico ganhou na sua badalada carreira na música sertaneja, também foi eternizada com um painel, contendo uma fotografia e um breve histórico de sua trajetória.

Fonte: Prefeitura de Apucarana