Apucarana forma 3ª turma na Residência Multiprofissional

Em cerimônia realizada no salão nobre da prefeitura, a Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana formou ontem (22) a 3ª turma do Programa de Residência Multiprofissional e 1ª de Residência em Medicina de Família e Comunidade. Uma conquista de 2016 do ex-prefeito Beto Preto, atual secretário de Estado da Saúde, e que consolidou Apucarana como pólo na formação de profissionais na área da saúde, o programa de residência multiprofissional da AMS já formou 63 profissionais, sendo que 16 deles receberam seus certificados na cerimônia desta quarta-feira. São enfermeiros, psicólogos, educadores físicos, nutricionistas, dentistas, fisioterapeutas e assistentes sociais.

Já o Programa de Residência em Medicina formou os dois primeiros profissionais na noite de ontem. A superintendente do Departamento de Educação e Pesquisa em Saúde, Francieli Nogueira Smanioto, explicou que a residência é uma forma de especialização de dois anos que associa teoria e prática. “Esses profissionais estavam se capacitando e prestando serviços na rede pública de saúde do município. Vocês contribuíram muito dentro do cenário de práticas em UBS, hospitais, Cisvir, CAPS, entre outros locais em que atuaram”, avaliou Francieli.

O diretor presidente da AMS, Roberto Kaneta, destacou a jornada de 60 horas semanais dos residentes, distribuídas entre aulas e cenário prático. “Fomos uma das primeiras autarquias de saúde do sul do país a conseguir credenciamento de residência multiprofissional junto ao Ministério da Saúde. Isso acontece em 2016. Passamos por processo de construção e hoje podemos assegurar que os programas de residências estão concretizados em Apucarana”, afirmou Kaneta.

O prefeito Junior da Femac enalteceu e reconheceu o importante reforço que os residentes representam no atendimento da atenção básica de saúde do município. “Junto com ao aprendizado, vocês foram a voz, o olhar, as mãos de milhares de pessoas que vocês tiveram contanto no atendimento da saúde. Vocês vão ser disputados no mercado de trabalho porque participaram de um programa de excelência em uma cidade que tem um requisito diferenciado da rede pública de saúde, sendo referências em várias especialidades como, por exemplo, na área odontológica. Vocês participaram de residência num lugar que tem a saúde como prioridade”, enfatizou Junior da Femac.

A cerimônia de formatura contou com a presença superintendente da Atenção Básica da AMS, Marcelo Viana de Castro; do coordenador da Comissão de Residência Médica, Odarlone Orente; do presidente da Câmara Municipal, Luciano Molina, e familiares dos formandos.

Programas entram no 5º ano

Apucarana é um dos poucos municípios que disponibiliza residência multiprofissional e médica no Paraná. O credenciamento dos programas de residência médica e multiprofissional pela Autarquia Municipal de Saúde, junto ao governo federal, foi oficializado em 2016.  São 54 profissionais residentes atuando anualmente, sendo 27 que estão o primeiro ano de residência e 27 no segundo ano.

Todos os residentes atuam na rede pública de saúde como Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Unidades Básicas de Saúde (UBSs) na Autarquia Municipal de Saúde, Cisvir, Hospital da Providência e Hospital Materno Infantil. Eles têm direito a uma bolsa/remuneração mensal, paga pelo Ministério da Saúde

Fonte: Prefeitura de Apucarana