Prefeito de Apucarana entrega obras da “Escola Antonieta”

Com a presença de representantes da família da patronesse da instituição, autoridades políticas e religiosas, lideranças de bairro e pais de alunos, o prefeito Júnior da Femac e a secretária Municipal de Educação, Marli Regina Fernandes da Silva, entregaram nesta quarta-feira (22/01) as obras de reforma e ampliação da Escola Municipal Antonieta da Silva Lautenschlager, localizada no Jardim Presidente Kennedy.

Fundada em 1977 e atualmente com 302 alunos matriculados na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, além do Jardim Presidente Kennedy a instituição atende crianças dos jardins das Flores, Catuaí, Esperança, São Pedro, Eldorado, Vila Nova Ucrânia, Jardim Contorno Sul e imediações. “A cidade só é boa quando é boa para todos, em especial para os que mais precisam, e este é um dos princípios da gestão Beto Preto, promover justiça social através de políticas e obras públicas como estas, em uma escola histórica que leva o nome de uma pioneira, que foi professora, uma mulher batalhadora, incrível e fantástica chamada Antonieta Lautenschlager”, disse o prefeito Júnior da Femac.

Ele frisa que a educação municipal vive um momento diferente de um passado recente. “A melhor equipe de professores e funcionários do Paraná tem que ter também as melhores escolas e CMEI’s do Paraná. Estamos muito perto de concluir obras em todos os nossos 60 prédios, fazendo jus ao momento atual da educação integral. Investimentos que já superam R$45 milhões em sete anos de mandato. O tempo do chá com bolacha no período da tarde ficou para trás. O que eram depósitos de crianças, hoje são de fato espaços educacionais”, pontuou o prefeito, destacando o apoio dos nove vereadores da base na aprovação do orçamento municipal. “Não fosse este suporte, nenhuma obra seria possível ser realizada”, observou.

Construído há quase 43 anos, o prédio da escola nunca havia passado por uma grande reforma. Diretora da instituição, professora Adilene Nogueira Ferreira Ananias conta que os problemas se agravavam durante dias de chuva, com goteiras alagando as salas de aula. Alunos cadeirantes também tinham dificuldades de acesso ao piso superior, pela falta de acessibilidade. “Hoje é um dia de gratidão. Esta obra foi planejada com muito amor e carinho por uma administração municipal que vê e pensa no bem estar de todos. Tenho muito orgulho de fazer parte desta história”, disse a diretora em nome dos 302 alunos e 36 funcionários municipais.

A reforma, viabilizada com recursos da Autarquia Municipal de Educação (AME), contemplou a revisão de toda a cobertura com substituição de calhas, rufos e telhas, troca do forro, instalação de mantas térmicas, troca dos pisos, a colocação de novas portas e janelas.

Também fez parte do pacote de melhorias a revisão das esquadrias danificadas, melhoria dos sanitários, construção de rampas de acessibilidade, reforma da quadra de esportes e a pintura interna e externa da edificação. A responsável pelo serviço foi a Construtora Deka e o investimento foi na ordem de R$612.563,78 para a reforma de 1.490,59 m2 e ampliação de 83,14 m2.

Com a licitação, a economia de recursos públicos foi de mais de R$200 mil, uma vez que o orçamento máximo previsto pelo setor de engenharia da AME para a obra era de R$822.238,37. “Tudo feito dentro das normas da vigilância sanitária e do Corpo de Bombeiros, bem como das diretrizes de acessibilidade para oferecer todo conforto e segurança a todos de dentro da escola”, confirmou professora Marli Fernandes, secretária de Educação.

Representando a família da patronesse da escola, Marcos Lautenschlager compareceu acompanhado do filho Iago. “É uma emoção muito grande receber este presente em nome da minha saudosa mãe. Muito feliz em ver como a escola está agora, toda reformada. O prefeito Júnior da Femac, professores e toda equipe da escola estão de parabéns”, disse.

Avó dos alunos Otávio, do terceiro ano, e da pequena Isadora, do pré-escolar, Ivanilda Ferreira dos Santos aprovou os investimentos. “Ficou tudo muito bonito. Tudo reformado e pintado. Uma alegria ver o espaço onde meus netos estudam tendo este cuidado da prefeitura”, afirmou Ivanilda.

O vereador José Airton Deco de Araújo, que representou a Câmara Municipal de Apucarana, também enalteceu o trabalho da atual administração. “Apucarana é hoje o melhor IDEB do Paraná graças ao posicionamento sério da gestão Beto Preto e Júnior da Femac, que escolheu muito bem seus secretários, cada diretora de escola e CMEI. Hoje todas as instituições têm o mesmo direito, ao contrário de um passado recente, onde isto não havia. Por isso o prefeito pode contar com a Câmara de Vereadores em todos os bons projetos para a cidade”, afirmou Deco.

Presença – Entre as lideranças presentes destaque para o presidente da Associação de Moradores do Jardim das Flores, Jeferson Marques (Jefão), presidente da APMF Cleunice Ribeiro de Oliveira.

Histórico da Patronesse – Antonieta da Silva Lautenschlager nasceu na cidade de Botafogo, no estado de São Paulo, em 10 de maio de 1924. Atuou como professora na escola Técnica de Comércio Souza – Ferraz em Valparaíso.

Foi a primeira dama do nosso município de 1963 a 1966, quando seu esposo, Álvaro Anibal Lautenschlager, foi prefeito em Apucarana. “A escola recebeu o seu nome em virtude de ser uma mulher extraordinária, de muita sensibilidade e que nunca media esforços para trabalhar, principalmente, em favor das crianças carentes”, explica professora Adilene Nogueira Ferreira Ananias, diretora da escola.

Fonte: Prefeitura de Apucarana