Emborrachamento do piso vai criar pista de caminhada moderna e segura

O início das obras de reforma e implantação de piso emborrachado no entorno do Parque do Ingá cria expectativas em torno de um projeto moderno e inovador, que proporcionará um circuito mais seguro para a prática de corridas e caminhadas. Ao longo dos próximos oito meses, prazo previsto para conclusão da obra, serão inevitáveis alguns transtornos, minimizados pelo trabalho da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).
A retirada do piso já foi iniciada no trecho a partir do portão 2 do parque até a JK. Na sequência, a base de concreto será recomposta para receber material emborrachado nos 3,2 km da pista. A obra se desenvolverá em trechos (cinco no total). No trecho interditado, o deslocamento de pessoas será feito pelo estacionamento, isolado por cones e cavaletes. Finalizado, o trecho será liberado para uso e assim sucessivamente.
O fim da área permeável, estreito corredor com grama entre as duas atuais pistas, aumentará em cerca de 60 centímetros a largura do piso. Importante lembrar que o material utilizado no emborrachamento é permeável e, permitindo rápido e eficiente escoamento da água. Portanto, a retirada do corredor de grama não vai interferir na drenagem da pista. Material é preparo no local, a partir de resíduos de borracha, como pneus, misturado a resina para dar liga e aplicado.
Além do piso emborrachado, outras intervenções modernizarão todo o entorno do parque, com a instalação de iluminação em LED, bancos, bebedouros, lixeiras, sinalização tátil para deficientes visuais e outros investimentos para reforçar a condição do local como uma referência de esporte e lazer. “Trata-se de uma obra muito aguardada pelas pessoas e, apesar dos transtornos na fase de implantação, o projeto é moderno e inovador”, afirma o prefeito Ulisses Maia
Fonte: Prefeitura de Maringá