Asteroide do tamanho de campo de futebol passará perto da Terra no sábado

Classificado como potencialmente perigoso pela Agência Espacial Americana (Nasa), o asteroide 163348 (2002 NN4) passará muito próximo à Terra neste sábado (6), por volta da 0h20 (horário de Brasília). De acordo com os observadores, a rocha espacial se aproximará do nosso planeta em uma velocidade de 11 quilômetros por segundo.

Em um comunicado emitido pelo Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra (Cneos, na sigla em inglês), o corpo celeste chegará a uma proximidade de 0,034 unidades astronômicas —traduzindo: a 5 milhões de quilômetros da Terra.

Para efeitos de comparação, o asteroide estará 13 vezes mais distante do nosso planeta que a Lua, mas quase 30 vezes mais próximo que o Sol. É uma distância relativamente pequena em termos astronômicos, e são poucas as chances do asteroide ser atraído pela gravidade da Terra e causar algum dano real no planeta. O site da Nasa traz uma simulação de sua trajetória.

Ainda assim, o objeto espacial preocupa a agência espacial pelo seu tamanho gigantesco. De acordo com as projeções, ele tem até 568 metros de diâmetro, sendo maior que 90% dos asteroides monitorados e é maior que um campo de futebol americano.

Segundo os cálculos feitos pela Nasa, esta é apenas uma das 30 vezes que o asteroide deve se aproximar da Terra nas próximas décadas. Mas, ele só chegará tão perto novamente em junho de 2070 e de 2130.

Ele não estará sozinho

Pelo menos outros quatro asteroides passarão próximos à Terra no sábado. São eles o 2020 KO1, o 2020 KQ1, o 2020 LA e o 2014 KG39. No entanto, eles não foram classificados como potencialmente perigosos pela Nasa devido à distância de suas órbitas, seus tamanhos diminutos e suas composições químicas.