No Bola da Vez, Miranda elogia Neymar: “É a junção de Messi e Cristiano”

O Bola da Vez desta semana recebe Miranda, zagueiro que defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia. No programa apresentado por André Plihal e com as presenças dos comentaristas Vitor Birner e Gustavo Zupak, o atleta que atua no Jiangsu Suning, da China, relembrou seus tempos de Atlético de Madrid e revelou qual era o atacante mais difícil de marcar entre Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar.

Integrante fundamental do São Paulo que conquistou o tricampeonato brasileiro consecutivo e ganhador do prêmio Bola de Prata em duas ocasiões, Miranda se transferiu para o Atlético de Madrid em 2011 e com a equipe venceu a Liga Europa e desbancou Real Madrid e Barcelona na conquista do título espanhol de 2014. Com a Seleção Brasileira, o zagueiro foi titular na Copa do Mundo de 2018 e levantou a taça da Copa América em 2019.

No Bola da Vez, Miranda falou sobre o trio Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo, atletas que ele enfrentou várias vezes no Campeonato Espanhol.

– Os mais difíceis que eu enfrentei foram Messi, Cristiano e Neymar. Dentre eles, o mais imprevisível é o Messi. Ele tem um talento muito grande e é um jogador que surpreende a cada momento. O Cristiano tem que ser muito respeitado, até porque na história do futebol é um dos atletas que teve a maior performance – comentou o defensor.

Miranda complementou elogiando o craque da Seleção Brasileira, Neymar, e revelou que o seu talento é comparável ao dos dois que dominaram a premiação de melhor do mundo na última década.

– Pra mim o Neymar tem o talento para substituir hoje. E eu não escondo isso, o Neymar é o jogador com mais talento e que chega mais perto desses dois. Na minha opinião, Neymar é a junção de Messi e Cristiano Ronaldo – concluiu.

O Bola da Vez inédito será atração do canal ESPN Brasil neste sábado, a partir de 22h.